O que é uma microfilmagem?

A microfilmagem do cheque é como uma cópia da folha de seu cheque emitido e apresentado no banco para compensação, e pode ser utiliza para que você consulte quem depositou o cheque em caso de devolução no banco por algum motivo ou como prova de qualquer adulteração de assinatura, datas e valores.

O microfilme de cheque é um recurso prático para facilitar o armazenamento de documentos, utilizado pelos principais bancos emitentes de talões de cheques, o que facilita e muito a vida de pessoas e empresas que precisam localizar um cheque devolvido perdido ou extraviado.

Um cheque que foi devolvido por qualquer motivo sem dúvidas é um problema para quem recebe e um problema muito maior para quem o emitiu, tendo seu nome incluido no CCF.

Como conseguir microfilmagem do cheque?

A imagem fica disponível 2 dias após a data da compensação de cheques. Você pode consultar na internet a microfilmagem de cheque emitido e compensado nos últimos 60 dias. Para cheques emitidos antes desse período, é possível pedir a imagem em qualquer agência Itaú.

Você pode salvar a imagem em PDF. Na imagem, no carimbo do banco recebedor no verso do cheque, é possível identificar em que banco, agência e conta o cheque foi depositado.

Os cheques devolvidos ou cheques pagos no terminal de caixa não ficam disponíveis para microfilmagem.

Para solicitar a cópia do cheque para regularização do CCF, você pode ir à agência Itaú mais próxima.

Um dos maiores problemas enfrentados pelos correntistas de bancos é o de localizar os credores de cheques que foram devolvidos por falta de saldo na conta e lançados no CCF - Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos.

A microfilmagem esta ilegível

A reclamação que sempre persiste, é de que as microfilmagens de cheques devolvidos, fornecidas pelos bancos, são de tão má qualidade que nem sempre é possível de identificar qualquer informação registrada nelas.

Quando um problema como esse acontece, com certeza isso vai gerar uma enorme dificuldade na localização da pessoa que depositou o cheque no banco. E se a devolução ocorre pelos motivos 12, 13 ou 14, sem sombra de dúvida o titular terá seu nome registrado no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos.

Ter o nome sujo e CPF lançado nos cadastros de restrição de crédito, no CCF é uma tremenda dor de cabeça.

Microfilmagem com nominal em branco

Cheques com valores infeiores a R$ 100,00 não é necessário o precheencimento do campo nominativo, dessa forma, pode ser que aconteça que o cheque seja depositado no formato Ao Portador, ou seja, sem o nome da pessoa que recebeu o cheque.

Esta situação somada à falta de qualidade na microfilmagem tambem ajuda a dificultar o processo de localização do credor.

E como você já sabe um cheque de baixo valor, abaixo de R$ 100,00, por exemplo, pode se tornar um problema ainda maior, pois existe uma grande chance da pessoa que o recebeu, se desfazer com muito mais facilidade, perdendo, rasgando ou jogando no lixo.

Neste caso você talvez tenha um prejuízo de proporções gigantescas e sem perspectiva de uma solução tão rápida. Mais ainda não é o fim.

Tendo a microfilmagem do cheque em mãos, realizando todos procedimentos de busca, e mesmo assim ainda não foi possível encontrar a pessoa e quitar a sua dívida. O próximo passo é procurar ajuda profissinal especializada para regularizar sua situação.